Este estudo pretende analisar os percursos de mudança que estão a ser ensaiados nas escolas portuguesas situadas em zonas desfavorecidas, associados com a implementação de novos programas de intervenção educativa e social - nomeadamente os programas TEIP (Territórios Educativos de Intervenção Prioritária) e EPIS (Empresários pela Inclusão Social). Estes programas têm uma linha condutora comum, o combate ao insucesso e ao abandono escolar, mas têm origens e metodologias diferentes.